Blog

Vermelhidão no pênis: por que acontece?

Vermelhidão no pênis por que acontece

A vermelhidão no pênis é uma preocupação comum entre os homens e pode ser um sintoma de diversas condições. Este texto procura esclarecer as causas e tratamentos, enfatizando a importância da saúde e bem-estar do paciente.

Candidíase e Balanopostite em Homens

Candidíase, conhecida por afetar mulheres, também pode ocorrer em homens, onde é tecnicamente chamada de balanopostite. Este problema é frequentemente causado por fungos, que prosperam em ambientes úmidos e quentes como o prepúcio.

Fatores de Risco e Condições Associadas

Condições como diabetes e estresse podem afetar a imunidade, facilitando o crescimento de fungos. A higiene inadequada e fatores anatômicos, como o prepúcio recobrindo a glande, também contribuem para o surgimento da balanopostite.

O Ciclo de Tratamentos Ineficazes

Muitos pacientes passam por um ciclo repetitivo de tratamentos ineficazes, alternando entre diferentes cremes e pomadas. Este ciclo pode causar irritação adicional, conhecida como dermatite química, exacerbando a vermelhidão e o desconforto.

Abordagem Correta do Tratamento

O diagnóstico correto e o tratamento assertivo são fundamentais. Para aqueles em que um ciclo de tratamento engata quase de automaticamente em outro,  aconselha-se interromper o uso excessivo de cremes e reavaliar a condição após um curto período sem tratamento. O objetivo é identificar um plano de tratamento eficaz que não perpetue o ciclo de irritação, inflamação e vermelhidão.

Candidíase, ISTs e Fertilidade Masculina

Embora a candidíase não seja classificada como uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) convencional, ela pode ser compartilhada sexualmente. É importante considerar a saúde do parceiro ou parceira, pois pode haver uma troca de cepas de fungos durante a relação sexual. Além disso, em alguns casos, a infecção fúngica pode impactar a fertilidade masculina, afetando a qualidade dos espermatozoides.

Considerando a Cirurgia de Fimose

Em casos recorrentes de balanopostite e quando outras abordagens falham, pode-se considerar a cirurgia de fimose. Esta intervenção remove o prepúcio, criando um ambiente menos propício para o crescimento de fungos e reduzindo o risco de inflamação crônica, que é um fator de risco para o desenvolvimento de câncer de pênis.

Sou Daniel Hampl, urologista, cirurgião robótico certificado pela Intuitive Surgical – DaVinci Surgery®, Especialista em tratamento de câncer urológico. Doutorado pela UERJ Acompanhe meu blog e o meu canal do youtube e fique atualizado com novas informações.

compartilhe​

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *